terça-feira, 31 de julho de 2012

Phad Thai / Manga e arroz doce ao côco

1

Domingo fui conhecer minha cunhada, decidimos jantar num restaurante tailandês para variar. Foi uma noite muito agradável e fiquei muito feliz por conhecer ela e o marido, que escolheram pratos vegans também.

1) Esses pratos foram o da minha cunhada e do marido. Não lembro exatamente o nome do prato, mas sei que foram preparados com tofu, brócolis, acelga, cenoura, coentro, molho Golden Mountain e molho Stir-fried. Daquele jeito: você coloca os vegetais na frigideira, adiciona aproximadamente meia xícara de cada molho e refoga por alguns minutos, a gosto.

2) Meu prato, com tofu frito, brócolis, cenoura, acelga e macarrão de arroz refogados no molho de soja escuro e molho Golden Mountain.

3) O Steve pediu Phad Thai, tradicional prato tailandês.

Receita:
- 2 xícaras de macarrão de arroz
- 2 xícaras de broto de feijão
- 1 ramo pequeno de cebolinha
- 1 punhado de amendoim picado
- alho moído a gosto
- 2 colheres de pasta de tamarindo
- 2 colheres de pasta para Phad Thai (encontrado em lojas de produtos orientais)

Ferva o macarrão por alguns minutos, ele pega ponto rápido; escorra. Numa frigideira, despeje todos os ingredientes e refogue por alguns minutos.

 4) A sobremesa foi outro prato típico: manga com arroz doce. No caso, o arroz é cozido com leite de côco, fica bem molinho e docinho. Os pedaços de manga vão por cima, para decorar e dar aquele sabor.

2


3

4

Quesadilla vegan

Quesadilla já cortada e com molhos

Quesadilla vegan

Há outro prato mexicano que eu não dava nada por ele, mas depois que experimentei hmm.... que delícia!

Você vai precisar de:
- tortillas (receita aqui)
- algum recheio, caso tenha queijo vegano, melhor
- molhos a gosto: salsa, guacamole, molho de alho

Eu usei o cheddar vegano Daiya. Aqueça a máquina de fazer tortilla, frigideira antiaderente ou prensadeira, recheie a tortilla com o recheio escolhido, dobre a tortilla ou use duas, caso for fazer grande, posicione na frigideira e deixe tostando por alguns minutos.

Depois é só cortar, espalhe um molho por cima, pode ser salsa picante, guacamole ou molho de alho.

A máquina de fazer quesadilla

Depois de prensado





sábado, 28 de julho de 2012

Molho de alho

Pizza com molho de alho


Pizza com molho de alho

Ontem fomos a Seattle comprar um amplificador para guitarra que o Steve estava querendo muito, e aproveitando depois fomos à Pizzaria PI. Escolhi uma pizza com molho base de tomate seco, coberta com molho de alho, batatas, azeitonas e manjericão. Acredito que o molho base seja feito com molho de tomates tradicional e tomate seco em pó. Depois ainda pedimos sundae de framboesa mmm...


Molho de alho
  • 1 xícara de maionese vegan
  • temperos: alho em pó, sal
Adicione alho em pó ou alho moído a gosto, sal e mexa bem.


Leite de grão de soja natural
  • 1 xícara de grãos de soja
  • água para cozinhar

Escolha os grãos, lave-os e coloque numa panela média, cubra com água e leve para cozinhar, assim que ferver deixe o fogo no mínimo e meio tampado, cozinhe por meia hora.

Então, coloque os grãos de soja cozidos no liquidificador com o dobro da quantia de água, bata até quebrar todos os grãos. Em seguida coe. O líquido é o leite de soja natural, e a massa (chamada okara pelos japoneses) pode ser usada para fazer nuggets ou hamburgers.


Maionese de soja
  • 1 xícara de leite de soja natural
  • óleo vegetal para dar ponto (aproximadamente meia xícara)
  • suco de meio limão

No liquidificador, velocidade baixa, coloque o leite de soja e vá adicionando óleo aos fios, aos poucos até engrossar, mas não muito, daí coloque o limão, ele vai dar o ponto final.


Sundae vegano


quarta-feira, 25 de julho de 2012

Veganismo - estilo de vida

Sapinho

Olha só que bonitinho o sapinho que a Leia achou ontem à noite no quintal! Ela me mostrou e liberou o bichinho em seguida. Acho que momentos assim servem prá gente refletir que todos os animais são lindos e merecem liberdade e respeito. Pode parecer piegas falando assim, mas toda pessoa pode agora mesmo começar fazendo isso, ao adotar o veganismo como estilo de vida.

Círculo de compaixão

"O ser humano vivencia a si mesmo e a seus pensamentos como algo separado do resto do universo - numa espécie de ilusão de ótica de sua consciência. E essa ilusão é uma espécie de prisão que nos restringe a nossos desejos pessoais, conceitos e afeto por pessoas mais próximas. Nossa principal tarefa é a de nos livrarmos dessa prisão, ampliando o nosso círculo de compaixão, para que ele abranja todos os seres vivos e toda a natureza em sua beleza. Ninguém conseguirá alcançar completamente esse objetivo, mas lutar pela sua realização já é por si só parte de nossa liberação e o alicerce de nossa segurança interior."

- Albert Einstein

Crisp burrito (crocante): passo-a-passo / Molho de alho

burrito vegano crocante (8)

Pode parecer estranho para nós brasileiros que adoramos arroz e feijão bem separadinho no prato, com aquele caldo suculento do feijão. Eu também tinha preconceito de burrito, até provar o do Steve.

Crisp burrito
1) sobre a tortilla, espalhe 2 colheres de feijão refried e 2 de arroz
2) agora 2 colheres de molho de alho e 2 de guacamole
3) 2 colheres de molho salsa
4) dobre primeiro as laterais
5) agora vá dobrando o lado que tiver mais recheio
6) feche totalmente
7) numa frigideira pré-aquecida no fogo baixo, coloque o burrito, deixe alguns minutos de cada lado
8) não deixe queimar como eu fiz, sirva com salada e um bom refri enlatado imitação do Dr. Pepper!

Receitas da tortilla, feijão refried, guacamole e molho salsa aqui.

Molho de alho
- 1 xícara de maionese vegan
Adicione alho em pó ou alho moído a gosto, sal e mexa bem.

Receitas vegans: http://www.veganismo.org.br/p/receitas-veganas.html

1

2

3

4
5









6

7









Bolo de chocolate

Bolo simples de chocolate

Outra tarde me deu uma vontade enorme de um bolinho simples com café.

Bolo de chocolate
- 2 xícaras de farinha de trigo
- 1 xícara de açúcar
- 2 colheres de cacau em pó 
- 1 pitada de sal
- 2 colheres de óleo de coco
- 1 xícara de água ou leite vegetal meio morninho
- 1 colher de fermento químico

Misture a farinha, açúcar, cacau, sal e óleo de coco, então vá adicionando água aos poucos até dar liga (creme não muito líquido nem muito espesso). Unte uma fôrma com óleo e enfarinhe, acenda o fogo no baixo. Volte à massa e adicione fermento rapidamente, despeje na fôrma e asse por 20 minutos, aproximadamente, até sentir cheirinho de coisa boa.

Caldinha de chocolate
- meia xícara de açúcar
- 2 colheres de cacau em pó
- água até dar liga de calda
Leve ao fogo numa panelinha e mexa até dar um ponto de caldinha. Despeje sobre o bolo.

Thai basil beef - Prato tailandês com bife vegano

Thai basil beef

Nem sempre é fácil pegar as receitas orientais porque é tão rápido de fazer! Várias vezes perdi o passo-a-passo, mas cá estamos com uma das minha preferidas:

Thai basil beef - Prato tailandês com bife vegano
- 2 hamburguers veganos fritos, ou bife de glúten frito, em pedaços
- 4 xícaras de vagem
- 2 xícaras de acelga picada
- 1 xícara de cebolinha
- 1 xícara de pimentões amarelos ou vermelhos
- 1 xícara de folhas de manjericão

Molhos
- meia xícara de molho de soja escuro
- meia xícara de pasta thai
- 1/4 de xícara de molho chilli

Numa frigideira antiaderente, coloque todos os ingredientes, por cima adicione os molhos, no fogo alto mexa por aproximadamente 10 minutos. Sirva com arroz integral ou branco.

Molhos encontrados em lojas de produtos orientais.

ingredientes prontos para serem usados

Macarrão ao alho e óleo

Macarrão alho e óleo

Outro dia fiz uma receita super simples:

 Macarrão ao alho e óleo
- meio pacote de macarrão à sua escolha: parafuso, gravatinha, penne etc.
- 2 colheres de alho moído
- sal a gosto

Ponha água até a metade de uma panela média. Quando começar a ferver, despeje o macarrão, cozinhe de acordo com as recomendações do fabricante. Eu cozinhei por aproximadamente 10-12 minutos. Escorra. Enquanto deixa escorrendo, numa frigideira anti-aderente fogue um fio de azeite e alho moído, frite até começar a dourar, daí coloque o macarrão na frigideira também e frite por alguns minutos, mexendo de vez em quando.

O Steve experimentou e achou que estava melhor que o dele, com queijo cheddar industrializado. Eu achei que eram opções diferentes, mas é bom variar de vem em quando.

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Hamburger de nuggets vegans

hamburger de nuggets

Outro dia nem sei como aconteceu, mas estávamos com preguiça e o Steve assou uns nuggets veganos e disse que a gente ia comer hamburger de nuggets! Acompanhado de salada de alface, tomates e cebola.

Prá você ver que no improviso a gente não passa fome, e que vegano come muito bem! rs

Macarrão tricolor

macarrão com queijo vegano

Guaxinim

Ontem tivemos a ilustre visita do nosso amigo "racoon", ou guaxinim. Ele costuma aparecer para pedir comida, é tão engraçado! Como todo animal, ele é muito amistoso quando percebe que você não quer atacá-lo ou pegar sua comida. Tive o prazer de tirar essa foto dele se aproximando de mim.

Muitas pessoas não gostam dele nem do cervo, reclamando que os "bambis" comem as flores do jardim ou que os guaxinims fuçam o lixo, mas na verdade os animais é que são os verdadeiros donos da terra! O ser humano tem a ilusão que comprou algo, só porque pagou para outro homem...

Macarrão tricolor

Enfim, à noite fizemos uma massa com um macarrão tricolor (cenoura e espinafre, fácil de encontrar a versão sem ovos), molho de tomates caseiro (receita na postagem anterior) e jogamos cheddar vegan ralado por cima.

Para cozinhar bem o macarrão:
- use uma panela funda, coloque água até a metade
- coloque um fio de óleo ou azeite na água
- não ultrapasse o tempo de cozimento sugerido pelo fabricante

O amigo guaxinim

Tofu frito

tofu frito


Ontem fizemos um almoço rápido no estilo oriental. Tínhamos um bloco de tofu, resolvi fritá-lo.


Tofu frito

- meio bloco de tofu firme cortado em cubos
- 2 colheres de farinha de trigo

Em uma panelinha antiaderente em fogo alto, coloque 2 dedos de óleo para fritar o tofu.

Enquanto isso, numa vasilha pequena coloque a farinha de trigo e adicione água apenas o suficiente para formar liga (um creme espesso).

Verifique se o óleo está quente (eu costumo jogar, cuidadosamente, uma gotinha de água; se espirrar, é porque está bom para fritar), então com a ajuda de um garfo, passe cada cubinho de tofu no creme e coloque no óleo quente. Coloque aproximadamente 6 cubinhos, não ponha muito mais que isso para o óleo não perder o calor.

Vire do outro lado e pronto!

Você também pode adicionar ao creme: sal e temperos como oréganos e salsinha desidratada. Eu não fiz isso pois íamos usar o tofu num prato com outro molho, então o tofu não precisava estar temperado.

Para o prato oriental, o Steve usou:

- meio pimentão vermelho, meio pimentão verde
- 1 cabinho de cebolinha
- 1 cabinho de acelga
- 1 cenoura ralada grosso

Numa frigideira antiaderente, ele colocou os vegetais, adicionando aproximadamente meia xícara de molho de amendoim e molho escuro de soja, deixando fritar por 10 minutos.



o prato já pronto

Molho de tomates

pizzinhas de pão

Já postei aqui mas sempre fica a sugestão de um lanchinho rápido e gostoso: pizzinhas de pão. Basta espalhar molho de tomates sobre as fatias de pão e cobrir com seu recheio preferido. Aqui usamos mussarela vegan. Levar ao forno por 10 minutos.

Molho de tomates
- 6 tomates picados
- temperos que preferir: sal, pimenta-do-reino, páprica, orégano, manjericão...

Numa panelinha em fogo médio, ponha um pouquinho de azeite e coloque os tomates, mexa de vez em quando. Adicione todos os temperos. Como é para cobrir a pizza, não precisa demorar no fogo. Mas para fazer molho para acompanhar massas, é recomendável cozinhar por 20-30 minutos, deixando encorpar e ficar com uma cor bem bonita.

Berinjela grelhada

almoço simples mas muito gostoso


Outro dia fiz um almoço simplezinho: arroz com pimentões, feijão preto (de lata), mandioquinha, berinjela grelhada e salada de alface americana. A mandioquinha é muito diferente da do Brasil, não forma aquele caldo delicioso e espesso.

Berinjela grelhada

- meia berinjela fatiada nem muito grossa, nem muito fina

Numa grelha ou frigideira antiaderente, espalhe um fio de azeite ou outro óleo vegetal. Em fogo alto, coloque as fatias de berinjela, salpique sal, pimenta-do-reino, alho em pó ou alho amassado, deixe dourar dos 2 lados.

Você pode comer na refeição ou usar em sanduíches.

Salame e mortadela veganos

salame vegano

Café-da-manhã vegano

Novamente fiquei uns dias sem postar, mas tudo bem. Começo com meu café-da-manhã: leite de amêndoas com sanduíche de mussarela e salame veganos, facilmente encontrados nos supermercados daqui dos Estados Unidos.

Queijos industrializados veganos ainda não existem no Brasil, mas a gente pode conseguir a preços bem razoáveis encomendando em um dos estabelecimentos sugeridos aqui: Restaurantes Veganos.

Quanto ao salame, sei que temos a Glutadela - mortadela de glúten em vários sabores, vendida em lojas da Zona Cerealista em São Paulo. Mais opções: Produtos Veganos.


terça-feira, 17 de julho de 2012

Massa de pizza integral / Torta doce crudívora / Torta salgada

torta de cerejas

Domingo fui a um encontro de vegans aqui em Port Orchard, Bremerton. Achei esse encontro on line. Tinha várias coisas gostosas para comer, provei uma pizza de cogumelos, uma torta crudívora e uma torta salgada de legumes. Eu levei um bolo de morangos e uma torta de brócolis.

O Steve e eu ficamos muito sem graça porque a pessoa que nos recebeu cria galinhas e vende ovos no mercado central. Não que eu esteja julgando alguém, mas se você quer ser vegan, não deve usar animais em nenhum sentido. Se você usa animais mas não os come, pode dizer que é vegetariano estrito (ou seja, sua dieta é vegetariana), mas não pode dizer que é vegan, porque veganismo é um estilo de vida, engloba todos os setores, não apenas a dieta.

Massa de pizza integral da Erika
- 1 copo de água
- 1 colher e 1/2 de açúcar
- 2 colheres e 1/2 de fermento para pão
- 2 colheres de óleo
- 3 copos de farinha de trigo integral
- 1 colher de sal
Adicione o fermento à farinha e deixe descansar por 10 minutos. Após, adicione os ingredientes restantes e sove por 10 minutos. Deixe descansar por 10 minutos. Sove por 1 minuto e estique em formato de disco de pizza. Fazendo esse processo com paciência, a massa ficará bem levinha e crocante.

Torta crudívora do Mitchell
- 1 xícara de castanhas-do-pará
- 1 xícara de nozes
- 1 xícara de ameixas secas ou uvas passas
- 1 colher de óleo de coco
- 1 pitada de sal
Bater tudo no liquidificador até a massa ficar homogênea. Molde numa fôrma amassando com as mãos.

Recheio:
- 1 mamão papaya
- 1 manga
Bata as frutas no liquidificador e despeje sobre a massa. Decore com frutas frescas ou secas, folhas de hortelã e nozes trituradas. Mantenha na geladeira .

Torta salgada de brócolis
- 1 ramo de brócolis picado
- 2 xícara de farinha de trigo
- 1 xícara de água morna
- 1/4 de xícara de óleo
- 1 colher rasa de sal
- 1 colher de fermento para bolo

Misture todos os ingredientes, com exceção do fermento, que deve ser colocado por último. Unte uma assadeira com óleo e polvilhe farinha de trigo, despeje a massa e leve para assar por aproximadamente meia hora. Caso seu forno tenha a opção gratinar, melhor. Eu não usei, olha só como a torta ficou branca...

Pizza de massa integral

Torta crudívora

Torta salgada de brócolis

domingo, 15 de julho de 2012

Prato tailandês ao molho de amendoim / Suco de morangos



Outro dia o Steve preparou um prato tailandês com molho de amendoim. Ele não sabe exatamente o nome do prato, mas como eu estava com vontade de molho de amendoim, ele inventou algo rápido.

Por que prato tailandês? Porque o Steve já viajou para a Tailândia e lá ficou conhecendo os costumes e culinária local. E também porque é prático e fácil preparar pratos orientais, além de saudável. Basta juntar os vegetais e os molhos corretos.

Prato tailandês ao molho de amendoim
- 1 pimentão vermelho picado
- 1 xícara de acelga picada
- 1 xícara de folhas de manjericão
- meia xícara de cebolinha picadinha
- hamburger vegetal ou bife de glúten fatiado
- 1 xícara de molho de amendoim - receita aqui.
- 1/4 xícara de molho Golden Mountain
- 1/4 xícara de molho chilli

Numa frigideira, aqueça os legumes e adicione os molhos, deixando ferver por 5 minutos. Sirva com arroz branco ou integral.

Os pratos orientais geralmente são bem simples de fazer, bastando ter os ingredientes certos.

Suco de morangos
- 2 copos de água
- 2 copos de morangos
- açúcar a gosto, se desejar
Bata tudo no liquidificador; não precisa coar.

preparando para refogar

pronto!

Pratos chineses vegans

Mongolian Beef

Depois do jogo fomos jantar no Bamboo Garden, um restaurante chinês em Seattle onde quase tudo é 100% vegetal, com exceção dos biscoitinhos do sorte, que contêm ovos. Falta só isso para ser vegan. Eles dizem que na China antiga o Imperador fazia jejum de 7 dias com comida 100% vegetariana, mas queria comer bem, então os cozinheiros desenvolveram receitas super apetitosas, que agora o restaurante oferece para a gente.

E é realmente saboroso! Experimentamos vagem e cenoura com tofu, tudo frito (esse prato foi invenção minha, eu estava com vontade de comer isso) e "Mongolian Beef", acompanhado de arroz integral.

Mongolian Beef
- óleo de gergelim
- alho moído a gosto
- gengibre ralado a gosto
- meia xícara de molho de soja
- meia xícara de água
- meia xícara de açúcar
- 2 colheres de molho chilli
- 2 colheres de vinagre de arroz ou saquê
- lascas de bife de glúten (seitan)
- 1 pimentão verde fatiado
- meio ramo de cebolinha fatiada
- macarrão de feijão passado na água quente e depois frito em óleo.

Aqueça o óleo de gergelim numa frigideira e refogue o alho e o gengibre. Adicione o molho de soja, água, açúcar, molho chilli e vinagre de arroz ou saquê, deixe por alguns minutos. Em seguida adicione o glúten, pimentão e cebolinha fatiada, desligue o fogo e sirva com macarrão de feijão ferventado e frito.

Essas receitas orientais são simples e rápidas de fazer, basta ter os ingredientes certos.

Vagem e cenoura com tofu frito

Garlic fries - batatas fritas com alho


Garlic fries


Sábado fomos ao jogo do Mariners Game no Estádio Safeco Field. Uma grande paixão dos americanos, como o futebol é para os brasileiros.
Para nossa alegria, a marca Field Roast estava lá com um quiosque de hamburgers veganos, mas não provamos, pois tínhamos planejado comer em outro local após o jogo.

Ficamos no "garlic fries", batatas fritas com alho moído e salsinha. Uma delícia! Vale a pena fazer fritas como de costume e jogar alho moído frito ou refogado por cima.


Garlic fries - batatas fritas com alho

- batatas fatiadas no formato "palito"
- alho moído
- salsinha em pó desidratada

Aqueça óleo em uma panela larga, espere ficar bem quente e vá cuidadosamente jogando as batatas fatiadas. Frite por alguns minutos e retire, deixando escorrer em uma peneira de metal.

Adicione amido de milho ao óleo e coloque as batatas novamente, deixando fritar até dourar. Não coloque muitas batatas de uma vez. Para cada nova rodada de batatas, adicione mais amido de milho.

Frite o alho por último rapidamente e salpique sobre as batatas. Salpique também a salsinha.

Tem outro jeito de fritar batatas, é cozinhando-as em água por 5 minutos antes de fritar. Deixe escorrendo bem e frite normalmente em óleo em seguida.


Batatas fritas assadas

Outro jeito de fazer batatas fritas é assando! Sim, fatie-as no formato "palito", unte uma assadeira com óleo ou azeite, e disponhas as batatas já cortadas na frigideira. Eu dou uma salpicada com água nas batatas.

Leve ao forno até dourar (você vai sentir o cheirinho bom), mas tem de dourar em cima também, para isso, ponha seu forno para gratinar. Caso seu forno não tenha essa função, vire as batatas do outro lado. Nesse momento pode colocar o alho moído na assadeira.


Safeco Field, Seattle

Sanduíche de berinjela e tomate

sanduíche de berinjela e tomate

Há uns dias que não posto, mas lembro que fiz este sanduíche de berinjela com tomates. Um lanche rápido, saboroso e muito saudável!

Sanduíche de berinjela e tomate
- 6 fatias finas de berinjela
- 4 fatias médias de tomate (pode ser verde)
- cebola fatiada a gosto
- alho em pó (pode usar alho amassado)
- pimenta-do-reino e sal a gosto
- alface picadinha

Aqueça uma frigideira antiaderente e pingue azeite, colocando as fatias de berinjela, tomates, cebola e alho. Deixe dourar dos 2 lados. Tempere, adicione alface e dê uma tostada no pão antes de servir. Rende 2 porções.

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Sopa de legumes

Sopa de legumes

Olá! Continuamos morando na casa de Leia e Scott, ainda não podemos voltar para o Brasil por causa das gatinhas. Não sabíamos das vacinas que elas precisavam tomar antes de embarcar, e de toda a documentação também; agora é esperar a quarentena terminar. O casal faz de tudo para ficarmos à vontade, mesmo assim, é estranho ficar na casa dos outros.

Hoje almocei cereal de cerejas e uvas passas com leite de amêndoas e banana, e à noite preparei uma sopinha rápida de legumes, que tomei com café e leite de amêndoas, acompanhado de uma fatia de pão tostado. Antes de dormir comi uma maçã.

Sopa de legumes
- 1 batata em cubos
- 1 tomate picado
- 2 raminhos de brócolis
- meia cebola picada
- 2 dentes de alho amassados
- 1 talo de cebolinha
- sal, curry e azeite a gosto

Coloque numa panela, cubra com água e deixe cozinhar por 20 minutos, aproximadamente. É isso, mais simples impossível! Sopa para dois, sirva com torrada.

cereal com leite de amêndoas

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Como me tornei vegan

Tinha no Paint

Tenho muita saudade da Tinha, minha gatinha que está no Brasil. Achei-a novinha no lixo, ao lado da irmã já sem vida. Levei-a para casa e achei que ela precisava de uma companhia; assim, saí à procura de um gatinho. Não encontrei, mas um guarda municipal me deu uma revistinha do Instituto Nina Rosa, "A coragem de fazer o bem", que li na mesma tarde. E também na mesma tarde me tornei vegan.

Na época eu não conhecia nenhum vegano nem tinha acesso à internet. Lembro que minha primeira refeição foi arroz, feijão carioquinha, salada de tomate e alface, hamburger de legumes e suco de laranja. Pensei: "A brincadeira é só não usar derivados animais na cozinha? Vai ser fácil". E sempre foi, porque na verdade é fácil ser vegan!

Receita de hamburger de legumes aqui.

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Burrito vegan / Guacamole / Refried beans / Salsa picante

Sorvete vegano tipo "fudge"


À tarde comi cereal de maçã com leite de amêndoas, e à noite, para variar, fomos ao Taco Del Mar, um fast-food de comida mexicana que gostei muito. Assim que o Steve começou a perguntar os temperos do feijão, o atendente disse que o restaurante é "vegan-friendly", ou seja, tem opções vegans.

Aprecio isso, me sinto segura para comer em lugares assim. Lógico que o melhor é prestigiar estabelecimentos veganos, mas aqui em Bremerton não há nenhum. Então, precisamos ficar atentos e frequentar lugares que oferecem opções veganas.


Burrito mexicano

- 1 tortilla mexicana*
- 2 colheres de guacamole
- 2 colheres de "refried beans"
- 1 colher de arroz
- molho salsa picante

Monte o burrito: sobre a tortilla coloque o guacamole, feijão, arroz e salsa. Enrole primeiro nas laterais, depois no comprimento. Para fazer burrito crocante, aqueça uma frigideira antiaderente em fogo baixo e deixe o burrito já montado por alguns minutos até dourar, vire do outro lado.


*Tortilla mexicana

- 1 xícara de farinha de milho, ou meia xícara de farinha de trigo e meia xícara de fubá

Vá jogando água bem aos poucos até a massa ficar moldável. Abra a massa com um rolo, corte a massa do tamanho de um prato de sobremesa, frite em frigideira antiaderente sem óleo por poucos minutos até dourar dos 2 lados.


Guacamole 

- 1 abacate pequeno amassado no garfo
- 1 dente de alho triturado
- sal e pimenta-do-reino a gosto
- meio ramo de coentro picadinho

Misture tudo amassando com um garfo.


Refried beans

- 1 xícara de feijão cozido

Bata no liquidificador até virar pasta; se necessário, adicione um pouco da água do cozimento. Típico da culinária mexicana.


Molho salsa picante

- 4 xícaras de molho de tomate de sua preferência
- 1 pimentão picadinho
- 1 cebola picadinha
- 1 ramo de coentro picadinho
- azeite, limão, sal, pimenta-do-reino, cominho e pimenta que desejar a gosto

Misture tudo e guarde na geladeira. Para ser usado em pratos mexicanos como taco e burritos, e também acompanhando chips / batatas fritas.

Agora à noitinha comi um sorvete vegan de hortelã com recheio de chocolate, piquei banana também. Boa noite!



Cereal com bananas

Burrito vegano