sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Hamburguer de brócolis

nuggets e hamburger de brócolis

Adoramos a feira-livre! Muitas frutas, legumes e verduras, o carrinho de feira quase quebrou. Agora sei que precisamos de 2 carrinhos de feira.

À tarde preparei hamburger e nuggets de brócolis, enquanto os meninos tinham ido comprar ingressos para o futebol São Paulo X Corinthians.


Hamburguer de brócolis
  • 1 brócolis cru
  • temperos a gosto: sal, pimenta-do-reino, curry
  • farinha de mandioca e de trigo para dar liga

Bata os raminhos de brócolis no liquidificador aos poucos para triturar bem ou utilize processador de alimentos.

Transfira para uma bacia, tempere a gosto, misture bem, em seguida adicione as farinhas aos pouquinhos até dar liga. Não coloque muita farinha senão o hamburguer ou nugget fica duro, coloque apenas o suficiente para tornar uma massa moldável

Frite em óleo quente, grelhe ou asse ate dourar.



hamburger de brócolis antes de fritar

Maionese caseira de soja





Aqui 2 exemplos de almoço simples, à base de arroz, feijão, salada e alguma "mistura". Comidinha simples porém saudável e nutritiva, além de deliciosa, afinal, nada melhor que comida caseira.

Na foto de cima, o Steve preparou um mexidinho de batata, cebola e berinjela, com temperos como curry e cominho. Delícia! Fiz maionese a partir do grão da soja. Primeiro você tem fazer o puro leite de soja.


Leite de soja caseiro 
  • 2 xícaras de soja em grãos

Cozinhe 2 xícaras de soja em grãos por aproximadamente 30 minutos - não feche a tampa pois solta casquinha que pode entupir e fazer muita borbulha.

Bata os grãos com água no liquidificador - 1 copo de grãos de soja para 2 copos de água.

Coe espremendo no voal (aquele tecido bem fininho), o líquido é o puro leite de soja, totalmente natural, e com o resíduo (massa) podemos fazer hamburgueres e nuggets (temperando com curry e gengibre hmmm...).

  
Maionese caseira de soja
  • 1 xícara do leite de soja 
  • 1 xícara de óleo vegetal 
  • temperos a gosto: sal, alho em pó ou moído

Do leite de soja fazemos a maionese: bata no liquidificador 1 xícara do leite de soja puro com uma pitada de sal, vá despejando um fio de óleo até a consistência engrossar (aproximadamente 1 xícara e meia de óleo), ficar um creme consistente.

Tempere a gosto, pode adicionar alho em pó caso deseje.



Pizza com queijo vegano

pizza vegana

Pra quem tem acesso aos queijos veganos, super vale a pena fazer em casa massa para pizza.

Aqui você encontra lojas que vendem online e entregam para todo o Brasil alternativas aos lácteos. Também os restaurantes veganos já comercializam versões de mussarela e catupiri.


Massa de pizza
  • 1 copo de água
  • 1 colher e 1/2 de açúcar
  • 2 colheres e 1/2 de fermento para pão
  • 2 colheres de óleo
  • 3 copos de farinha de trigo integral
  • 1 colher de sal

Adicione o fermento à farinha e deixe descansar por 10 minutos.

Após, adicione os ingredientes restantes e sove por 10 minutos. Deixe descansar por 10 minutos.

Sove por 1 minuto e estique em formato de disco de pizza. Fazendo esse processo com paciência, a massa ficará bem levinha e crocante.




pizza quadrada

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Meu artesanato

Amo artesanato! Você pode reutilizar objetos que seriam destinados à reciclagem, pondo em prática um dos "3 R's" da sustentabilidade: reduzir, reutilizar, reciclar. Além de fácil e gostoso de fazer, fica lindo em casa, e você também pode presentear alguém querido.


Mandala

Utilizei uma assadeira de metal que eu não queria mais, um espelhinho, pastilhas de vidro coloridas e rejunte para azulejos. Pra criar o ganchinho no verso, fiz um furinho e parafusei um anel de latinha de cerveja



Flores de papel em garrafas de vidro


Adoro fazer flores de papel e pintar com tinta PVA. Aqui fiz dois tipos de flores: umas de papel-presente, outras de papel-sulfite e pintadas de dourado e vermelho, e cabinhos verde-escuro. Prá arrematar as flores, você pode usar qualquer fita que tenha em casa, depois a tinta verde-escura cobre tudo.

As garrafas, depois de limpar bem, numa delas colei papel-presente xadrez com cola branca comum; na outra, pintei o rótulo com tinta vermelha PVA, em seguida pintei coraçõezinhos brancos.

Essas flores são de tecido



Cabideiro de madeira para banheiro


Eu queria muito pintar peixinhos, e queria também um cabideiro para o banheiro. Pronto: a combinação perfeita. Resolvi usar um pedaço de madeira que eu havia separado, só faltavam os ganchinhos que o Steve logo arranjou. Tinta para artesanato e verniz fosco solúvel em água para proteger.

O resultado: duas peixinhas conversando e cores muito alegres!



Tela de gatinhos


Essa tela foi uma das que fiz na época em estava mentalizando um amor na minha vida. Não acertei de primeira, tive de repintar várias vezes, mesmo assim, achei o resultado maravilhoso no final. E hoje essa tela harmoniza nosso quarto de casal. Tinta comum para artesanato.



Porta-toalha de cozinha


Achamos um pedaço de madeira na rua e resolvemos guardar. Eu havia ido a uma exposição no Parque Ibirapuera sobre favela e fiquei com umas ideias maravilhosas na cabeça, vi uns toalheiros para banheiro, cozinha etc. Pronto, combinação perfeita!

Peguei uma das minhas colheres de pau, pedi pro Steve furar nas 2 extremidades, ele também pregou-a na tábua, em seguida pintei. Foi uma das pinturas mais fáceis e rápidas que fiz, e amei o resultado! Utilizei tinta PVA e por cima verniz fosco solúvel em água.



Estante de madeira para cozinha

Nem dá prá imaginar que achamos essa estante numa caçamba. O Steve consertou a estrutura e eu pintei com tinta PVA. Achamos demais! Agora virou paneleiro e fica na cozinha, guardando panelas e nossos livros de receitas vegans.




Tela de passarinhos


Essa é outra tela da época que eu mentalizava um companheiro para mim. Utilizei tinta PVA sobre tela.



Porta-casacos


Esse cabideiro ou porta-casacos é outro exemplo de reaproveitamento de material: pedaços de madeira e de bambu. Se não fosse o Steve, essa obra nem existiria rs! Utilizei tinta PVA verde-bandeira para o fundo, e desenhei umas tulipas para alegrar. Dei uma mão de verniz fosco solúvel em água.



Pintura sobre cartolina


Aqui pintei a Tinha e o Tinho, eles estão perfeitamente retratados rs. Acertei de primeira pintar os gatos, mas as flores não, tive de refazer, mas o resultado é maravilhoso. Trabalho sobre cartolina e tinta PVA.



Tela de fotografias


Achei essa tela jogada numa caçamba, nem pensei, peguei e levei para casa. Não sabia direito o que fazer, estava um pouco empenada. Limpei bem, pintei com tinta para artesanato vermelha e imaginei que seria um ótimo quadro para colocar fotos nossas!

O resultado ficou lindo, agora essa tela fica no nosso quarto para harmonizar ainda mais o ambiente. É uma ótima sensação todo dia, ao acordar e antes de deitar, ver imagens nossas de viagens, passeios, da gente feliz... assim perpetuam-se os bons momentos.



Flores de revista / jornal


Esse artesanato é um passatempo: enrolar tirinhas de jornal ou revistas, arrematar com durex, pintar com tinta PVA, depois montar flores, bichinhos etc... adoro! Quadrinhos da loja do real, também pintei as molduras; colei as flores com cola branca comum.



Mosaico

Mosaico sobre tábua de madeira, que transformei em  mesinha de sala; utilizei pastilhas de vidro e azulejos perdidos

Meu 1º mosaico, então rack para televisão




Mesa de madeira maciça

Betume na mesa de madeira, e pátina nas cadeiras! O revestimento das cadeiras ficou por conta do Steve

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Bolinhos de chuva


Bolinhos de chuva 

Aqui em casa tenho feito bastante bolinho de chuva, aproveitando o tempo maluco de São Paulo, uma hora chove, outra hora um sol que fica difícil até respirar. Não me leve a mal, eu amo calor!

Lembro de uma ocasião de bolinhos de chuva em que "enganei" uma bondosa avó. Eu estava de visita naquela casa, e chegando à hora do cafezinho, sugeri uns bolinhos de chuva. A doce senhora ficou receosa, afinal, com certeza devia ser quase impossível fazer bolinhos de chuva veganos, ou seja, sem ovos! E o que aprontei? Disse a ela que já tinha feito, mas... só que não! Bom, resumindo a história, afirmei com convicção os ingredientes (que listo a seguir), ela misturou a massa, me deu uma dica incrível - disse que mexia até começar a formar bolhas - e em poucos minutos todos estavam saboreando bolinhos de chuva livres de ingredientes animais. Afinal, os bichinhos não têm culpa se temos fome, né?! Além do mais, podemos escolher... 

Receita de Bolinhos de chuva 
- meia xícara de farinha de trigo
- 1/4 de xícara de açúcar
- chocolate granulado a gosto
- canela a gosto
- 1 pitada de sal
- meia colher de fermento químico para bolo
- água - aproximadamente 1/4 de xícara
- óleo para fritar

Misture todos os ingredientes, a água por último, porque a massa não pode ficar líquida, nem muito pesada. Mexa delicadamente, até começar a levantar algumas bolhas. Coloque 1 dedo de óleo numa panelinha, assim que estiver quente, vá, às colheradas, despejando a massa. Depois de frito, polvilhe açúcar e canela por cima.

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Feliz Dia Mundial Vegan! 1º de novembro

Parabéns a todas as pessoas que fazem desse mundo um lugar melhor para se viver, em especial aos veganos, que têm consciência que a libertação animal faz parte da libertação humana!

Um mundo melhor para todos nós, é o que Veganismo Brasil deseja para os animais, humanos e toda a natureza! Um mundo de paz, harmonia, amor e respeito.

Ação: faça aqui e agora neste planeta a mudança que gostaria de ver. Para os animais, não importa o motivo... para eles, o importante é paz.