segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Trufa de chocolate fácil e saborosa




Chocolate sem lactose vegano

Normalmente, as pessoas ficam muito em dúvida na hora de comprar chocolate para produzir bombons ou ovos de Páscoa. Mas é simples: basta checar no rótulo, lendo atentamente os ingredientes. Não é difícil encontrar marcas que produzem chocolates sem leite ou outros derivados animais.

  • comprado o chocolate, o processo é o mesmo: derreter em banho-maria, com muito cuidado para não respingar gotas de água ou vapor no chocolate.

Na foto, você pode ver que comprei gotas de chocolate, achei por um ótimo preço. Mas normalmente compro chocolate em barra, e pico em pedaços grandes para derreter.

  • não deixo a água ferver; quando está quente, desligo, e continuo a mexer no chocolate até derreter. E lógico, antes que derreta tudo, eu já retiro da água quente, pois somente o contato com o calor faz o chocolate derreter rapidinho.
  • coloque no banho-maria gelado, eu ponho cubos de gelo na água, continue mexendo o chocolate até sentir sensação de frio nas costas da mão quando vc encosta a espátula de chocolate.
  • em seguida, eu coloco nas forminhas de plástico ou silicone, e levo à geladeira por alguns minutos. A forminha sempre tem de estar limpinha e 100% seca.
  • assim que estiver transparente do outro lado, significa que está pronto pra retirar o chocolate. Antes coloque o recheio, eu coloquei uma colher de creme de leite de soja e 1 morango bem grande. Daí coloquei mais chocolate derretido, e levei novamente à geladeira para endurecer.
  • repetir o processo várias vezes, pois o chocolate endurece magicamente rápido.

Ficou uma delícia! É uma tentação para todas as pessoas, e é também mais saudável, pois não tem lactose, assim não causa alergias.









quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Divulgação do Veganismo - Feira de ciência RJ

Pirâmide alimentar real


Divulgação do Veganismo

Amo divulgar o Veganismo. É um prazer ser convidada a ajudar em alguma escola, associação ou qualquer grupo para promover um bate-papo, palestra ou exibição de materiais informativos.

Se eu pudesse, compareceria em todos os eventos. Infelizmente não é possível para minha realidade. Ao menos, posso criar panfletos informativos para serem distribuídos. Há alguns arquivos aqui.

As fotos deste post são das alunas do Colégio Estadual Campos Salles de Teresópolis, no Rio de Janeiro, que foram classificadas para participar da FECTI - Feira de ciência, tecnologia e inovação no CEFET do Maracanã. Elas imprimiram o arquivo "Você gosta de animais" em A4, panfleto com 2 dobras para distribuição.

Achei o máximo a mesa com a pirâmide alimentar real, com alimentos e tudo mais. Ô criatividade! Eu daria nota 10. Pelo pouco que vi das fotos, houve muito empenho, estudo e dedicação.

Fico muito orgulhosa e feliz em ver que meu trabalho ajuda a divulgar o Veganismo para jovens interessados em promover esse estilo de vida pelos animais.

Parabéns, Juliana Amaral e colegas, pelo maravilhoso trabalho!



Os panfletos da Organização Veganismo Brasil

Banner explicativo sobre Veganismo

Banner sobre testes em animais

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Carne de soja




Proteína de soja

Nas minhas aulas de culinária sempre ensino a preparação da proteína de soja. Não há mal nenhum no consumo da proteína de soja. Mal mesmo é continuar a comer carne, quando todos sabem o mal que faz pra saúde, pro Planeta, para os inocentes animais, além da tremenda energia negativa consumida.

É muito simples preparar a proteína de soja e fácil encontrá-la, felizmente hoje em dia praticamente qualquer supermercado comercializa esse produto. É barato e expande, incha, ao contrário do que acontece com a carne, que murcha no cozimento.


Preparando a proteína de soja

  • você vai precisar hidratar a proteína de soja por 2 minutos em água morna; 
  • assim que estiver macia, esprema na palma das mãos até escoar o líquido de dentro, ou esprema no coador de voal (à venda aqui);
  • pronto, agora você pode refogar em óleo vegetal ou azeite, temperando com alho, cebola, sal, pimenta-do-reino, salsinha e o que mais desejar, dourando bem.

A proteína da foto ficou diferente pois fiz o processo de bater no liquidificador antes de espremer. Daí fica assim, bem desfiadinha.


Se sua intenção é fazer hamburgers ou almôndegas, não refogue:

  • coloque 2 colheres de farinha de trigo ou amido de milho e misture bem;
  • tente modelar um hamburger, então frite ou leve para grelhar; 
  • se não conseguir, coloque mais 1 colher de farinha e tente novamente, modelando na palma da mão.

Bom apetite!