segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Feijoada vegana / Leite de gergelim

Feijoada vegana da minha mãe


Feliz Ano-Novo!

A última postagem do Ano só poderia estar recheada de deliciosas comidas veganas, feitas com todo carinho. O café-da-manhã tinha bolo de côco e café com leite de gergelim.

Desejo a você um Ano-Novo repleto de boas realizações, PAZ, AMOR, SAÚDE e SUCESSO!
Um mundo melhor para nós e os animais!


Leite de gergelim
  • 2 colheres bem cheias de gergelim não torrado e sem sal
  • 1 copo de água

Para fazer o leite de gergelim, basta bater no liquidificador 1 copo de água com gergelim, depois coe no paninho de voal. Está pronto!

A feijoada vegana foi minha mãe quem fez, com direito a farofa de mandioca, couve bem fininha no alho e molho de pimenta. Divina!


Feijoada vegana
  • 1 copo de feijão preto ou azuki deixado de molho na véspera
  • côco seco em pedaços 
  • carnes vegetais como bacon e linguiça (comprados prontos em restaurantes veganos ou lojas)
  • 1 tomate grande
  • 1 cebola picada
  • temperos: alho, sal, pimenta-do-reino, cominho, louro, salsinha picadinha
  • azeite de dendê

Escorra a água do feijão. Reserve.

Na panela de pressão, refogue o côco em pedaços em óleo vegetal até dourar bem. Despeje o feijão, o tomate em pedaços, a cebola e as carnes vegetais que você comprou. Cubra com água uns 2 dedos acima.

Assim que começar a chiar a pressão, conte 15 minutos. Após, leve a panela debaixo da torneira para sair a pressão rapidamente.

Se tiver panela de barro ou ferro, utilize; se não, use a que você tem, refogando 1 cabeça de alho moído em 1/3 de xícara de azeite de dendê até dourar bem.

Assim que estiver bem dourado, despeje todo o conteúdo da panela de pressão, adicionando também os temperos desejados. Ferva até apurar o caldo (aproximadamente 10 minutos).

Sirva com arroz branco ou integral, couve refogada, farofa de mandioca e banana milanesa.



Feijoada deliciosa
 

Café-com-leite de gergelim

sábado, 29 de dezembro de 2012

Churrasquinho vegano




Churrasquinho vegano

Minha mãe organizou a festa de fim-de-ano na empresa que trabalha e nos convidou. Foi no Tênis Clube Paulista, próximo do metrô Paraíso. A festa era à base de churrasco... então resolvi levar espetinhos veganos e maionese de soja para mim, Steve e meu irmão caçula, que também é vegano. Mas algumas pessoas também comeram e super aprovaram!


Receita de churrasquinho vegano

Ingredientes:
  • 2 xícaras de proteína de soja grande e/ou bife de glúten em cubos
  • 2 abobrinhas
  • 2 pimentões vermelhos
  • tomates cereja
  • 2 xícaras de cebolas pequenas ou 2 cebolas cortadas em cubos
  • limão, alho, sal a gosto
  • espetinhos para churrasquinho
  • opcionais: abacaxi ou outro legume ou fruta de sua preferência.

Hidrate a proteína de soja em água morna por 15 minutos. Enquanto isso, pique os ingredientes em cubos.

Faça um caldo com limão, sal, alho moído e outro tempero que preferir. Você pode bater no liquidificador azeite, salsinha, coentro e demais temperos. Aproximadamente 1 xícara de caldo é suficiente.

Escorra a proteína de soja e coloque-a numa bacia com os demais ingredientes picados, regue com o caldo e deixe de molho por uma noite se puder, se não, pelo menos alguns minutos. Quanto mais tempo de molho, melhor, para a pvt absorver o tempero. É bom preparar na noite anterior.

Depois é só montar os espetinhos e assar, pode ser no forno convencional mesmo ou grelhar em frigideira com óleo, fica uma delícia!



Pasteizinhos veganos



Pasteizinhos veganos

Quem quer se tornar vegano ou vegetariano deve ficar atento aos pastéis de feira. Mesmo num simples pastel de palmito corre-se o risco de comer banha suína. No recheio também: certifique-se de que não utilizam caldo de carne ou frango no tempero.

A dica é sempre checar no rótulo, ou no caso dos pastéis de feira, perguntar diretamente ao feirante. Nos supermercados, basta ler no rótulo; na dúvida, telefone para o SAC da empresa e certifique-se sobre os ingredientes.

Na foto, fiz pastéis de proteína de soja - como se fosse carne moída. Boa pedida pro lanche da tarde.


quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Saudade




Saudade

Ontem fez 1 semana que perdemos um ente da família. Comunicamos esse fato para algumas pessoas próximas, nem todas sequer nos deram os pêsames ou disseram palavras de conforto. Provavelmente, pensam que não há grande sentimento de amor por não se tratar de ser humano.

Quem ama sabe a dor da perda, o difícil despertar sem aquela doce companhia. É duro aceitar, mas infelizmente faz parte da vida.

Dói saber que ela já foi feliz, teve um companheiro e filhos, mas depois que ele morreu, e Deus sabe onde foram parar os filhotinhos, ela entrou em tristeza profunda. O Steve veio para dar a ela um pouco de alegria, mas já era tarde demais, ela tinha "n" problemas graves de saúde. O amor entre ela e o Steve, no pouco tempo que passaram juntos, não foi suficiente para dissolver as doenças no seu corpinho.

Ficamos com ela até o final, usando dos recursos hospitalares para manter seu corpo vivo, até que ela parou de respirar. Enterramos a gatinha Emma (Tater) no parque em frente à nossa casa.

Bife de proteína de soja




Bifes vegetais

Esses bifes foi minha mãe quem fez, seguindo a receita simples de hamburguer de soja.

Ingredientes:
  • 1 xícara de proteína de soja miúda;
  • temperos a gosto: sal, alho, orégano, curry, cominho, limão
  • farinha de mandioca ou trigo para dar liga

Coloque a proteína de soja na água morna por 2 minutos. Após, esprema bem na mão ou em coador de voal ou pano bem limpinho.

Numa bacia junte tudo e polvilhe farinha de mandioca ou de trigo, misturando bem. Tente moldar em formato de hamburger; se não der, polvilhe novamente com farinha de mandioca, misture bem e tente de novo.

Agora é só fritar, assar ou grelhar!

Minha mãe fez um molho de shoyu com amido de milho, e colocou cogumelos para mim, e castanhas de caju para o Steve, já que ele não gosta muito de cogumelos.


Molho madeira
  • shoyu a gosto
  • 1 colher de amido de milho 
  • 1 copo de água

Misture o amido de milho à água, levando ao fogo baixo com shoyu a gosto. Despeje sobre os bifes.




Natal Vegano 2012

bolinho de pinga da Karina


No Natal, reunimos amigos veganos aqui em casa, foi uma noite bem agradável. Como não fiz planejamento, desta vez as pessoas trouxeram somente sobremesas! Eu fiz lasanha, o Steve preparou burritos mexicanos com salsa e guacamole. Também ajeitei rabanadas de panetone, passadas no leite condensado de soja.

A Karina trouxe uns bolinhos de pinga que foram um sucesso! Olha a receita dela:

"Rosquinha ou bolinho de pinga

Ingredientes:
  • 4 xícaras de chá de farinha de trigo
  • 2 xícaras de chá de açúcar
  • 3/4 de xícara de chá de leite de soja
  • 2 colheres de sopa de fermento
  • 2 colheres de sopa de margarina vegetal
  • 1 colher de sopa de farinha de linhaça (deixei de molho em 100 ml de água)
  • 1 pitada de sal
  • 1/2 dose de pinga (parece que é 25 ml)

Coloque todos os ingredientes em uma bacia plástica e vai mexendo e amaçando até ficar consistente, de tal forma que não grude nas mãos. Se for necessário, coloque mais farinha até ficar no ponto, pra desgrudar da mão.
Depois retire um pedaço pequeno e enrole tipo macarrão e faça um formato de rosca.
Quando estiver todos prontos, colocar três dedos de óleo em uma panela média e quando estiver bem quente, coloque as rosquinhas para fritar. Elas irão flutuar. Após dourar a parte debaixo, vire-as e, em seguida, pode tirar, deixando escorrer o óleo em uma peneirinha ou papel toalha.
Em seguida, pouvilhe com açúcar e canela em pó.
Essa receita rende bem, dá um trabalhinho enrolar toda a massa em formato de rosquinha, mas vale a pena."

Outra guloseima que foi um sucesso foi o musse de maracujá da Vanessa. Ela disse que apenas misturou no liquidificador: tofu, açúcar e suco de maracujá.

Bom, o importante é que comemoramos o Natal com sentimento de paz e amor, emanando energias positivas para os animais, principalmente àqueles que não sabemos o nome, que estão presos para serem usados pelas indústrias.

Que este Novo Ano seja o símbolo de uma Nova Era de conscientização das pessoas, que possam pensar antes de comer. Que as pessoas entendam que é tão simples fazer a diferença no mundo ao recusar comidas derivadas de animais, bastando dizer: "Não, obrigado."



burrito mexicano

lasanha

bolo de côco e musse de maracujá

rabanada de panetone

a Princesa da Casa

Opções veganas no restaurante coreano

 
Aperitivos do Lua Palace

Opções veganas no restaurante coreano

No aniversário do meu filho, minha mãe veio aqui e fomos a um restaurante coreano que ela gosta muito, o Lua Palace, que por sinal é pertinho de casa. Como sempre, encontramos opções sem derivados animais para mim e o Steve.

Comemos: amendoim torrado no óleo de gergelim, broto de feijão, cenoura no molho de pimenta, pepino na conserva, "guemti", acelga no molho apimentado.

Comemos mais, tinha mais coisas, mas esquecei de tirar fotos, prá variar. Enfim, muita coisa boa, sabores super diferentes que a gente descobre quando perde a vergonha de perguntar os ingredientes da comida.

Almoço no Plantus - SP

meu prato de feijoada vegana com sobremesa


Restaurante Plantus 

O primeiro restaurante vegano de São Paulo foi o Vegethus, do George Guimarães, perto do metrô Santa Cruz. Depois ele montou a ONG VEDDAS, e passou prá frente o restaurante. Felizmente a nova proprietária continuou com a atividade.

E o que acontece é que volta e meia estamos lá para experimentar o farto bufê, com direito a mesa de sobremesas e sucos. Semana passada comi feijoada e uma deliciosa banana assada com creme de leite de soja, além de tofu assado, farofa e muito mais. Sobremesa: bolo de chocolate e pavê de limão. Nem peguei mais porque minha barriga tava cheia, que gulosa.

Mais opções deliciosas de restaurantes veganos no Brasil aqui.


prato do Steve

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Lasanha vegana


Lasanha vegana da minha mãe

Lasanha vegana

Ingredientes:
  • 1 pacote de massa para lasanha sem derivados animais
  • massa para pastel sem derivados animais
  • molho de tomates fino
  • proteína de soja pequena
  • molho branco para rechear: tofu e 2 colheres de polvilho azedo
  • presunto ou mortadela veganos comprados prontos, se desejar.

Molho branco: numa panelinha, leve ao fogo meio bloco de tofu com 1 colher de sal, pimenta-do-reino a gosto e 2 colheres de polvilho azedo. Mexa até virar um creme homogêneo.

Para montar a lasanha: numa fôrma de vidro ou outra grande e funda coloque um pouco do molho de tomates fino, vá intercalando a massa para lasanha com a massa para pastel (derrete feito queijo), e também o molho branco, e também presunto vegano (caso você tenha). Pode colocar a proteína de soja no molho, vai hidratar e ficar à bolonhesa. Asse até dourar bem.

Bom apetite!

Panetone vegano caseiro

Panetone vegano


Panetone vegano caseiro

Ontem fomos jantar na casa da minha mãe, meu pai estava lá (ele mora em Natal-RS) e passamos uma noite agradável. Na volta, pegamos carona com meu tio, irmão da minha mãe, ele e a esposa moram perto da gente.

Levei um panetone que eu mesma fiz na noite anterior.


Panetone vegano

Ingredientes:
  • 1 kg. de farinha de trigo
  • 2 xícaras de açúcar (pode ser mascavo)
  • meia xícara de óleo vegetal
  • 1 pitada de sal
  • raspa e suco de 3 laranjas
  • 100g. de fermento fresco para pão (fermento biológico, daqueles que se compra na padaria)
  • recheio: 200g. de chocolate sem lactose picado, ou frutas como damasco e uvas passas, ou ainda nozes

Modo de fazer:
  1. Num copo, misture o fermento fresco com 1 colher de sal e 1 colher de açúcar, vai virar um líquido; reserve. Numa bacia grande, misture 100g. da farinha de trigo com esse fermento, coloque um pouco de água também para formar uma massa tipo esponjosa, misture bem e cubra com um pano, deixe crescer por 20 minutos.
  2. Misture a essa massa esponjosa (que deverá ter crescido bastante) o restante da farinha de trigo, açúcar, óleo, sal, raspas e suco de laranja, se necessário acrescente mais água até a massa ficar moldável e macia. Misture bem, por último coloque o recheio de sua preferência, cubra com pano e aguarde mais 20 minutos.
  3. Separe 4 fôrmas para panetone de 500g. Divida a massa em 4 porções iguais, não rasgue a massa na mão, corte com espátula e coloque em cada forminha, o ideal é passar um pouco da metade da forminha. Deixe crescer até dobrar de tamanho.
  4. Assim que estiver bem crescido, aproximadamente 1-2 horas, leve ao forno para assar na temperatura média por 40 minutos ou mais.

Decorei com um creme feito de chocolate picado derretido e leite de côco, salpicado com granulado.


os panetones antes de assar

Cuscuz / Bolo de abacaxi vegano

Bolo de abacaxi vegano da Karina


Quitutes veganos

Ontem teve jogo Corinthians X um time gringo, o time brasileiro ganhou e foi uma festa geral em todo o Brasil. Pelo menos aqui em São Paulo, comemoração total da zona sul até a zona leste. Sei disso pois fomos na casa da nossa amiga Karina ontem, ela mora bem na zona leste, e desde daqui até lá havia torcedores por todo lugar.

Chegando lá, comidinhas maravilhosas veganas esperavam a gente, ela preparou: cuscuz, yakissoba, salada de grão-de-bico e um delicioso bolo de abacaxi bem à moda livro de receitas Açúcar União. Tudo uma delícia e sem derivados animais! Ela já pode casar hehehe...


Cuscuz vegano 

Ingredientes:
  • 4 xícaras de farinha de milho
  • 4 xícaras de água
  • 2 tomates picados
  • 1 pimentão vermelho picadinho
  • 1 pimentão verde picadinho
  • 1 cebola picadinha
  • 1 xícara de palmito picadinho
  • meia xícara de azeitonas verdes ou pretas
  • meia xícara de ervilhas ou milho
  • temperos a gosto: salsinha picadinha, sal, alho, pimentinha ou molho de pimenta

Refogue os pimentões, cebola e alho em óleo vegetal ou azeite-de-dendê até dourar; em seguida adicione os tomates, palmito, azeitonas, ervilhas, pimentinha, misture tudo e refogue mais um pouquinho; adicione a farinha de milho, sal e água, mexa bem até formar uma mistura homogênea.

Deixe esfriando. Numa fôrma de anel, coloque alguns ingredientes no fundo, tipo fatias de tomate, tirinhas de pimentão, rodelas de palmito, azeitonas etc, para ficar bonito quando desenformar. Ponha a mistura na fôrma e aperte bem. Desenforme na hora de servir.


Salada de grão-de-bico com tomates

Ingredientes:
  • 2 copos de grão-de-bico deixados de molho na véspera
  • 4 tomates firmes, não muito maduros
  • temperos: sal, pimenta-do-reino, alho, cebola, salsinha picadinha
  • azeite

Despreze a água do molho. Cozinhe o grão-de-bico até ficar macio - aproximadamente 10 minutos na panela de pressão.

Escorra a água. Numa bacia, junte o grão-de-bico com tomates, temperos a gosto e azeite.
Sirva frio.


Bolo de abacaxi

Ingredientes: 
  • 4 xícaras de farinha de trigo
  • 2 xícaras de açúcar
  • meia xícara de óleo
  • 2 xícaras de abacaxi picado
  • aproximadamente 1 xícara de água
  • 2 colheres de fermento em pó
  • 1 pitada de sal

Unte e enfarinhe uma fôrma. Ligue o forno no médio. Vá misturando os ingredientes, primeiro os secos, depois os molhados, lembrando que fermento sempre é no final. Vá colocando a água aos poucos, pois assim que estiver com consistência de creme grosso (creme de leite), pode parar de adicionar água.

Mexa com a colher de pau até começar a verificar bolhas de ar na massa. Depois é só levar para assar em forno médio por 40 minutos ou mais.



Yakissoba vegano

Cuscuz vegano

Salada de grão-de-bico com tomate

sábado, 15 de dezembro de 2012

Bolo de cenoura vegan - sem ovos, leite ou manteiga

bolo de cenoura vegan

Bolo de cenoura vegano

Ingredientes:
  • 4 xícaras de farinha de trigo
  • 2 xícaras de açúcar
  • 1 pitada de sal
  • meia xícara de óleo
  • 2 cenouras cruas batidas no liquidificador com um pouco de água
  • 1 colher cheia de fermento químico em pó para bolo

Misture a farinha, açúcar, sal, óleo e a mistura de cenoura numa bacia. Mexa com uma colher de pau, a consistência deve ser cremosa, não muito líquida, nem pesada demais. Caso necessário, adicione um pouquinho de água e mexa novamente. No final, adicione fermento, mexa delicadamente sem demorar.

Leve ao forno para assar em temperatura média, até sentir cheiro de bolo. Assim que ficar pronto, fure com a ponta de uma faca, para ver se está seco no meio; aproveite para fazer mais furos, pois a cobertura penetra e deixa o bolo ainda mais gostoso.


Cobertura de chocolate para o bolo
  • 100 g de chocolate em barra (sem derivados animais como leite ou margarina)
  • 1 colher de creme de leite de soja

Em banho-maria, derreta o chocolate previamente picado em pedaços grandes.
Misture 1 colher de creme de leite de soja no chocolate e espalhe sobre o bolo.

Se não achar creme de leite de soja, pode utilizar leite de côco.




Empanado - à milanesa sem ovos

abobrinha empanada com batatinhas fritas


Milanesa sem ovos

Ingredientes para o creme:
  • farinha de trigo ou amido de milho
  • temperos a gosto: sal, pimenta-do-reino, orégano
  • farinha de rosca ou de mandioca

Para empanar anéis de cebola, berinjela, abobrinha fatiada, cubinhos de tofu, etc, faça um creme com meia xícara de farinha de trigo branca, sal e demais temperos (pimenta-do-reino, orégano) a gosto, e vá adicionando água até dar ponto de creme, mexendo com um garfo. Pode empanar os vegetais para fritar ou mesmo assar.

Caso queira à milanesa, logo após passar nesse creme, use farinha de rosca ou pão amanhecido triturado no liquidificador. Nessa foto, o Steve não empanou a abobrinha na farinha de rosca, usou somente o creme de farinha de trigo e água, fritando em seguida.

Patê de tofu com tomate seco




Patê de tofu com tomate seco

Ingredientes:
  • meio bloco de tofu
  • meia xícara de tomates secos
  • sal, pimenta-do-reino e azeite a gosto

Bata no liquidificador ou no processsador todos os ingredientes.
Pode variar no lugar do tomate seco: azeitonas, salsinha, castanhas...

Ideal para passar no pão, torradinhas, etc.

Compota de pêssegos da Mírian Costa



Minha querida amiga Mírian Costa veio aqui outro dia e nos presenteou com um delicioso doce que ela mesma preparou. Eis a receita dela:


Receita da compota de pêssegos da Mírian Costa

  • Lave os pêssegos maduros e mergulhe-os em uma panela com água fervente por apenas 30 segundos.
  • Retire-os da panela, coloque numa tigela com água fria e retire as peles, puxando-as delicadamente com os dedos. Se desejar, tire os caroços (eu prefiro deixá-los inteiros).
  • Coloque um pires emborcado no fundo de uma panela grande, adicione ½ xícara de água e uma xícara de açúcar cristal.
  • Distribua os pêssegos sem pele sobre o açúcar e cubra com outra camada grossa de açúcar. Se gostar, acrescente um pau de canela.
  • Leve a panela ao fogo brando, e deixe ferver até a calda engrossar, durante aproximadamente 20 minutos. Cuidado: transborda com facilidade!

A quantidade total de açúcar a ser utilizada deve ter aproximadamente o mesmo peso que os pêssegos.

Depois de fria, guarde a compota em vidros esterilizados ou em uma compoteira.

Com creme de soja fica uma delícia!

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Prato tailandês ao molho de amendoim

prato tailandês ao molho de amendoim


Ontem, na segunda-feira, tive a visita de uma amiga muito querida, a Mírian Costa, ela mora numa cidade perto de SP. O lugar é um paraíso. Como ela gosta de comidas orientais, o Steve preparou outra delícia tailandesa ao molho de amendoim, também um dos meus pratos favoritos.


Prato tailandês ao molho de amendoim
  • 1 xícara de creme/manteiga de amendoim
  • 1 xícara de leite de côco
  • 1 xícara de folhinhas de manjericão e cebolinha picadinha
  • 1 xícara de manga picada (pode usar abacaxi também)
  • 4 colheres de açúcar
  • temperos: 1 pitada de páprica picante, 1 pitada de sal
  • meio bloco de tofu empanado e frito

Misture todos os ingredientes numa panelinha, menos o tofu. Refogue por alguns minutos até ficar um creme homogêneo. Misture o tofu depois de desligar o fogo, ou então sirva o creme com o tofu por cima, sirva com arroz.


Tofu empanado
  • meio bloco de tofu cortado em cubinhos
  • 5 colheres de farinha de trigo ou amido de milho
  • temperos: sal, orégano, pimenta-do-reino a gosto
  • farinha de mandioca ou de rosca para empanar
  • água para dar liga

O tofu é fácil de preparar: faça um creme com farinha de trigo (aproximadamente meia xícara ou menos), sal e orégano a gosto, adicione água só para chegar no ponto de creme e mexa com garfo.

Corte o tofu em cubinhos, passe nesse creme, em seguida na farinha de mandioca ou de rosca, e leve para fritar em óleo quente. Atenção: coloque o tofu um por um para fritar, senão ele gruda.

Minha amiga também trouxe para nós um delicioso doce de pêssego em calda que ela mesma fez. Delicioso!


sirva com arroz e salada

compota de fruta caseira da Mírian

domingo, 9 de dezembro de 2012

Falafel

Falafel


Falafel

Ontem fomos à casa de um amigo querido, ele disse que ia ter uma sessão de música hardcore/punkrock, estilo que o Steve gosta. Eu não gosto. Mas claro, ia ter comida vegan também, e isso me animou.

Chegando, fiz um bolo de laranja, em seguida um rapaz trouxe falafel feito pela mãe, divinos! E ainda me passou a dica da receita.


Falafel

  • 1 xícara de feijão fava
  • 1 xícara de grão-de-bico, ambos deixados de molho
  • temperos batidos no liquidificador: cebola, salsinha, sal, pimenta-do-reino, hortelã, cebolinha, alho

No processador de alimentos, coloque a fava e o grão-de-bico até moer bem.

Numa bacia, transfira essa pasta e vá dando liga com o creme de temperos batidos até dar liga. Frite em seguida em óleo quente.


falafel com tahine no pão sírio

bolo de laranja vegano

sábado, 8 de dezembro de 2012

Proteína de soja




Almoço com proteína de soja

Hoje fui na casa da minha mãe, o almoço já estava lá bem gostoso. Ela preparou uma proteína de soja assada com abobrinha, proteína de soja estilo carne moída (refogada e temperada com cebolinha e cebola), creme de batata, cenoura e mandioquinha, e demais frutas e castanhas. A proteína de soja fica com o gosto do tempero que você usar, é muito versátil.

Olha só uma receita de proteína de soja da minha amiga Carmen Penha:


Preparo de 1 xícara desidratada: 

Deixar de molho em água quente por 20 minutos.
Aperte na água e escorra. Enxágue mais algumas vezes. Por último aperte fora da água para secar.

Marinar por ½ hora no seguinte tempero:

  • Shoyu 4 colher de sopa
  • Açúcar ½ colher de chá
  • Extrato de Tomate 1 colher de chá
  • Óleo ou azeite 2 colher de sopa
  • Sal pitada

A proteína assim preparada pode ser utilizada em qualquer prato como quibe, strogonoff, 'frango' xadrez, bolognesa, etc.



Quibe vegano



Quibe vegano

Ingredientes
  • 1 xícara de triguilho (trigo para quibe)
  • temperos: hortelã picadinha, sal, cebola, alho, cominho
  • farinha de mandioca para dar liga

Hidrate o triguilho em água morna durante 10 minutos, depois escorra bem numa peneira ou apertando nas mãos. Você também pode utilizar um pano bem limpinho ou ainda um super prático coador de voal.

Coloque os ingredientes numa bacia e vá polvilhando farinha de mandioca até dar liga. Não coloque muito para não ficar duro. Modele em formato de quibe.

Frite em seguida em óleo quente. Pode também assar.

Você pode variar, recheando com palmito picadinho ou proteína de soja refogada (tipo carne moída). Delicioso para comer puro ou na refeição.

Bolinho de chuva vegan





Bolinho de chuva

Ingredientes:
  • 1 xícara de farinha de trigo
  • 1/2 xícara de açúcar
  • 1 colher de canela em pó
  • 1 colher de fermento em pó
  • água para dar liga (aproximadamente 1/2 xícara)
  • óleo para fritar

Misture os ingredientes numa bacia.

Em uma frigideira, esquente óleo suficiente para fritar - cuidado: esquenta rápido! Se possível, deixe a panela numa das bocas próximas à parede e o cabo virado para dentro do fogão.

Coloque 1 colher pequena da massa no óleo (geralmente se faz com a ajuda de outra colher), delicadamente; frita bem rápido. Às vezes vario colocando chocolate granulado sem lactose no lugar da canela. Delícia!

Assim que dourar, retire os bolinhos e escorra em papel-toalha. Polvilhe com açúcar e canela.

Eu também havia preparado pão-sem-queijo vegano, delicioso e prático, depois de pronto pode ser levado à geladeira ou congelado. Daí é só ir direto ao forno para tomar no café-da-manhã ou quando chega uma visita em casa.




 

Hamburguer de proteína de soja



Receita fácil de fazer, barata e saudável, afinal, proteína de soja não tem colesterol. E muito gostoso também. Fiz ontem e comemos com arroz e feijão, e puro também. O Steve ainda comeu com pão.


Hamburguer de proteína de soja

Ingredientes:
  • 2 xícaras de proteína de soja;
  • temperos a gosto: sal, alho, cebola, orégano, curry, limão
  • farinha de trigo, de mandioca ou amido de milho para dar liga

Coloque a proteína de soja na água morna. Após 5 minutos, esprema bem na mão ou em coador de voal.

Numa bacia misture tudo e polvilhe farinha de mandioca, misturando bem. Tente modelar em formato de hamburguer; se não der, polvilhe novamente com farinha de mandioca, misture bem e tente de novo.

Agora é só fritar, assar ou grelhar!

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Prato tailandês



Nosso almoço de hoje, Phad Kee Mao, fácil de fazer e saudável, acompanhado de suco de pêssegos natural sem açúcar. Super delicioso!


Receita de Phad Kee Mao - prato tailandês
  • macarrão de arroz ou feijão
  • vegetais picados a gosto: repolho, acelga, cebola, pimentões coloridos, cenoura, etc (usei repolho e pimentões)
  • cebolinha verde picadinha
  • folhas de manjericão
  • amendoins a gosto

Molhos:
  • Golden Mountain (molho à base de feijão)
  • Sweet Chilli (molho de pimenta doce)
  • Shoyu

Cozinhe o macarrão por alguns minutos - o macarrão de arroz ou de feijão é rápido. Escorra.

Coloque os vegetais, o macarrão escorrido, amendoins e as folhas de manjericão numa frigideira. Vá fritando sem óleo mesmo, adicionando a gosto os 3 molhos acima aos poucos, aproximadamente durante 5 minutos. E está pronto. Fácil e rápido de preparar, basta ter os molhos certos.

Os molhos e o macarrão de arroz ou feijão você encontra em lojas de produtos orientais.

Leia atentamente os rótulos antes de comprar; na dúvida, não compre, telefone para o fabricante e certifique-se que não contém nenhum derivado animal.



terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Patê de abacate

patê de abacate no pão + café com leite de avelãs


Hoje de manhã eu não estava com vontade nenhuma de comer pão com margarina tostado, o famoso pão na chapa. Daí peguei um abacate maduro que estava na geladeira, amassei com um garfo, e temperei com: sal, pimenta-do-reino, cominho, alho em pó. Se tivesse coentro ficaria ainda melhor, mas de qualquer jeito o café-da-manhã foi delicioso.


Patê de abacate
  • 1 abacate maduro sem casca e semente
  •  temperos: sal, pimenta-do-reino, cominho, alho em pó, coentro

Amassar com garfo até ficar um creme liso ou a seu gosto.

E fiz leite de avelãs prá beber com café. Bati no liquidificador um copo de água com um punhadinho (aproximadamente 2 colheres) de avelãs, até dissolver, depois coei no voal. Pronto! Fica perfeito.


Leite de avelãs
  • 1 copo de água
  • 2 colheres de avelãs não tostadas e sem sal

Bater no liquidificador e coar em coador de voal.






segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Macarrão com pesto e tomate seco

macarrão com pesto e tomate seco

Macarrão com pesto e tomate seco

Domingo fui visitar uma amiga muito querida, fazia tempo que a gente não passava tempo juntas. Depois de batermos perna no shopping e experimentar dezenas de roupas, fomos à casa dela e fizemos bolinho de chuva de 2 tipos: canela e chocolate. Enquanto isso, o Steve foi com o Rafael assistir o futebol São Paulo X Corinthians, no estádio do Pacaembu, eles adoraram o jogo.

Voltando para casa, os meninos já tinham chegado, e tinha um prato delicioso: macarrão sem ovos com molho pesto e tomate seco. O Steve usou para o pesto: amendoim, orégano, azeite, farinha de castanha de caju, sal, alho em pó.


Receita do pesto
  • 1 xícara de amendoim e castanha de caju
  • temperos: orégano, sal, alho em pó ou moído
  • azeite

Bata tudo no liquidificador ou processador e envolva o macarrão nesse molho.

Sempre verifique a embalagem do macarrão antes de comprar, não compre com ovos. Os macarrões tipo grano duro e integral quase sempre são isentos de origem animal.


Arroz frito com abacaxi

arroz frito com abacaxi

Outro prato delicioso oriental que o Steve faz e eu adoro é "Pineapple Fried Rice", ou arroz frito com abacaxi.


Arroz frito com abacaxi
  • 1 xícara de arroz branco ou integral
  • cebolinha picadinha, pimentões em tirinhas, cenoura ralada
  • abacaxi em cubinhos
  • broto de feijão
  • molho doce "chilli"
  • molho de soja

Prepare o arroz normalmente. Numa frigideira tipo wok adicione os ingredientes e refogue por alguns minutos. Depois junte o arroz e misture bem. Sirva em seguida.


preparando os ingredientes

Abastecendo o estoque de comida


Arroz Integral, na Zona Cerealista


Lista da Zona Cerealista - São Paulo

Basicamente, vamos à feira-livre toda semana comprar frutas e legumes. E uma ou duas vezes por mês à Zona Cerealista (centro de São Paulo) para comprar grãos.


Este sábado fomos lá de novo e compramos:

  • avelãs e castanha-do-pará (para fazer leites vegetais)
  • arroz integral
  • farinha de trigo integral (para fazer pão caseiro)
  • farinha de mandioca (para dar liga nos hamburgueres vegetais)
  • fubá (bolo com café hmmm...)
  • ervilhas
  • polvilho azedo (para fazer pão-sem-queijo)
  • goma de tapioca
  • azeite de oliva
  • azeite de dendê (moqueca vegana de batata)
  • tomate seco
  • cacau em pó
  • mortadela de glúten
  • xerém de amendoim
  • leite de soja em pó
  • feijões
  • proteína de soja
  • soja em grãos (para fazer leite vegetal e maionese)
  • granola sem mel
  • trigo para quibe
  • temperos em geral: curry, pimenta-do-reino, colorau, mostarda, até lemon pepper!

A região é o melhor lugar para se comprar alho, já vem descascado. Eu compro o quilo e congelo.



açaí com banana e granola sem mel