quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Natal Vegano 2012

bolinho de pinga da Karina


No Natal, reunimos amigos veganos aqui em casa, foi uma noite bem agradável. Como não fiz planejamento, desta vez as pessoas trouxeram somente sobremesas! Eu fiz lasanha, o Steve preparou burritos mexicanos com salsa e guacamole. Também ajeitei rabanadas de panetone, passadas no leite condensado de soja.

A Karina trouxe uns bolinhos de pinga que foram um sucesso! Olha a receita dela:

"Rosquinha ou bolinho de pinga

Ingredientes:
  • 4 xícaras de chá de farinha de trigo
  • 2 xícaras de chá de açúcar
  • 3/4 de xícara de chá de leite de soja
  • 2 colheres de sopa de fermento
  • 2 colheres de sopa de margarina vegetal
  • 1 colher de sopa de farinha de linhaça (deixei de molho em 100 ml de água)
  • 1 pitada de sal
  • 1/2 dose de pinga (parece que é 25 ml)

Coloque todos os ingredientes em uma bacia plástica e vai mexendo e amaçando até ficar consistente, de tal forma que não grude nas mãos. Se for necessário, coloque mais farinha até ficar no ponto, pra desgrudar da mão.
Depois retire um pedaço pequeno e enrole tipo macarrão e faça um formato de rosca.
Quando estiver todos prontos, colocar três dedos de óleo em uma panela média e quando estiver bem quente, coloque as rosquinhas para fritar. Elas irão flutuar. Após dourar a parte debaixo, vire-as e, em seguida, pode tirar, deixando escorrer o óleo em uma peneirinha ou papel toalha.
Em seguida, pouvilhe com açúcar e canela em pó.
Essa receita rende bem, dá um trabalhinho enrolar toda a massa em formato de rosquinha, mas vale a pena."

Outra guloseima que foi um sucesso foi o musse de maracujá da Vanessa. Ela disse que apenas misturou no liquidificador: tofu, açúcar e suco de maracujá.

Bom, o importante é que comemoramos o Natal com sentimento de paz e amor, emanando energias positivas para os animais, principalmente àqueles que não sabemos o nome, que estão presos para serem usados pelas indústrias.

Que este Novo Ano seja o símbolo de uma Nova Era de conscientização das pessoas, que possam pensar antes de comer. Que as pessoas entendam que é tão simples fazer a diferença no mundo ao recusar comidas derivadas de animais, bastando dizer: "Não, obrigado."



burrito mexicano

lasanha

bolo de côco e musse de maracujá

rabanada de panetone

a Princesa da Casa

Nenhum comentário:

Postar um comentário